PAPEL DAS FERRAMENTAS DIGITAIS
numa 2ª vaga de COVID-19

A Dra. Ana Paula Barbosa, Coordenadora da Consulta Multidisciplinar de Osteoporose Fracturária no HSM, CH Universitário Lisboa Norte, EPE., o Dr. Jorge Dores, Assistente Graduado do Serviço de Endocrinologia do CH Universitário do Porto e o Dr. Carlos Vaz, Assistente Graduado Sénior de Reumatologia CHUSJ, Professor de Reumatologia FMUP, Coordenador da Consulta Protocolada de Fraturas Osteoporóticas CHUSJ, debatem “O papel das ferramentas digitais numa 2ª vaga de COVID-19”, aplicado à Osteoporose.

Neste Podcast os oradores abordam diferentes aspetos relacionados com o recurso às ferramentas digitais com vista ao acompanhamento de doentes com Osteoporose, nomeadamente:

  • realização de teleconsultas como complemento das consultas presenciais;
  • emissão de receituário “paper free”;
  • partilha de informação médico-doente;
  • avaliação de situação de risco do doente.

O debate centrou-se na situação atual vivida pelos doentes em período de pandemia de COVID-19, nos desafios vivenciados pelos profissionais de saúde e nas ferramentas digitais como solução apresentada para mitigar situações de absentismo às consultas presenciais. A relação médico-doente foi sobretudo valorizada em contexto presencial e virtual.

VHC-webinar5-orador1

Dr. Jorge Dores

VHC-webinar5-orador2

Dr.ª Ana Paula Barbosa

VHC-webinar5-orador3

Dr. Carlos Vaz

OUTROS PODCASTS

Telessaúde uma realidade
que veio para ficar

Dr. Daniel Ferreira, Prof. Davide Carvalho e Profª. Helena Canhão

FERRAMENTAS DIGITAIS
ao serviço da saúde

Prof.ª Joana Santos Silva, Dr. Filipe Pinto e Prof. Tiago Taveira-Gomes

O IMPACTO DA TELECONSULTA
na relação médico-doente

Dra. Ana Correia de Oliveira, Dr. Filipe Veloso Gomes e Dra. Rita Nortadas

How to predict the future
of healthcare

Dr. Bertalan Meskó, Prof.ª Dr.ª Cristina Gavina e Dr. Manuel Neves